sábado, 24 de novembro de 2012

Love Drunk - Capítulo 1/ 1ª Temporada


Vida Nova

NIALL P.O.V’s

Chega, não agüento mais, por que ela faz isso comigo? Um dia ela fica toda pra cima de mim e no outro ela nem olha na minha cara. Quando penso que realmente achei a pessoa certa, ela vai lá e dá moral pro outro cara. Cansei de ser feito de idiota, eu disse tudo que sentia do fundo do meu coração e cheguei a achar que ela nunca mentiria pra mim, mas mentiu e eu não vou mais ser tratado assim. Mesmo ainda a amando, eu vou aceitar ter outra pessoa do meu lado, que talvez não me faça sofrer tanto assim...

VOCÊ P.O.V’s

BRADFORD – 1 MÊS ANTES

- Já chegamos? – eu disse eufórica
- Ainda não, calma, estamos quase chegando – meu pai falou
- Ah, que demora!
- É ali ó, naquela esquina – falou pro taxista que foi parando o carro em frente ao local

Olhei pra casa onde meu pai tinha apontado, era uma casinha pequena, mas bem bonita, tinha um jardim caprichado na frente e um gramado nos fundos com uma pequena piscina, tudo bem bonito. O Taxista parou o carro e eu desci pra pegar minhas malas, peguei minhas 3 malas e meu pai ficou de trazer o resto, coitado. Subi pro segundo andar e fui procurando meu quarto. Entrei na primeira porta e como a casa já era toda mobilhada, decidi que ia ficar ali.



Joguei minhas malas em cima da cama e um caderno voou de dentro da minha mochila, fui olhar e vi que era meu diário que eu parei de escrever no ano passado. Abri na última página e comecei a ler.

Hoje quando eu acordei e desci pra tomar café, tava todo mundo estranho, ninguém falava com ninguém, meu pai estava sentado com a cabeça baixa e o olhar fixo, parecia que estava pensando muito longe, sentei ao seu lado e perguntei o que tinha acontecido, perguntei se a mamãe estava bem, se estavam cuidando bem dela no hospital. Foi quando vi uma lágrima cair do olho dele, foi umas das piores cenas que eu já tinha visto durante os meus 15 anos de vida, então meu coração ficou apertado, comecei a chorar. Foi ai que eu entendi o que estava acontecendo...”

Parei de ler antes que eu começasse a chorar. Acho que eu não mencionei que no ano passado, quando eu morava no Brasil com meus pais, minha mãe morreu de câncer e isso acabou com a minha vida, ela era tudo pra mim, meu pai ficou arrasado, começou a trabalhar mal e meio sem vontade, então o chefe dele perguntou se ele gostaria de ser transferido pra trabalhar em Bradford pra esquecer um pouco essa história, começar uma vida diferente. Meu pai aceitou e eu óbvio que adorei a idéia, como eu tava me afastando das pessoas lá no Brasil e nós dois falamos inglês fluente, eu aceitei começar uma vida completamente diferente, consegui uma bolsa na melhor escola da cidade e agora eu e meu pai vamos morar aqui por bastante tempo, pelo menos é o que nós pretendemos.

- Filha? – meu pai falou entrando no quarto – Sabia que você ia ficar com esse quarto, é bem a sua cara – sorriu – desfaz suas malas que daqui a pouco eu vou ao mercado comprar algo pra gente comer no jantar
- Não precisa, pai, deixa que eu vou, só vou organizar algumas coisas aqui e já to indo
- Ta, como quiser

Arrumei algumas roupas no meu armário e fui num mercadinho que tinha ali perto. Fui direto pro corredor de frios e peguei 2 pizzas congeladas e depois fui na prateleira de refrigerante, fui procurando um diet, passei o olho por todos e não encontrei nenhum, andei mais um pouco pro lado, perto de um garoto bem mais alto que eu, vi um refri com a embalagem prateada e em cima escrito DIET, estiquei a mão pra pegar e na mesma hora o garoto do meu lado esticou a mão e nós pegamos o mesmo refrigerante.

- Ah, desculpa – tirei a mão rapidamente e o olhei sorrindo, percebi que ele era muito bonito, com um topete alto e os olhos marcantes
- Não, que isso, pode pegar – falou gentilmente
- Ta, brigada – sorri envergonhada e me virei pra ir embora
- Ei – ele falou, fazendo eu me virar – Como você se chama?
- SeuNome, e você?
- Meu Nome é... Zayn, muito prazer – ele sorriu – Você não é daqui né?
- Não, por quê?
- Dá pra perceber o seu sotaque. É de onde? Espanha, Brasil?
- Brasil
- Hmmm, brasileira...
- O que foi?
XXX: ZAYN!! – alguém gritou do outro corredor
- Nada, tenho que ir, prazer em te conhecer SeuNome – Zayn sorriu meigo e foi embora

Paguei a comida e fui pra casa. Esse Zayn é um garoto muito bonito, parecia ter a mesma idade que a minha, 16 ou 17 anos, onde será que ele estuda? Sei lá, tanto faz, achei o jeito dele meio malicioso como se tivesse alguma coisa “ruim” em mente, ele é bonito, mas bem estranho... Enfim, fui pra casa e esquentei a pizza pra comer com o meu pai, depois eu terminei de arrumar minhas coisas e fui dormir direto, amanhã é o primeiro dia de aula na escola, não quero chegar atrasada. 


--------------------------------------
eaii, esse é o primeiro, espero que tenham gostado, eu não vou conseguir postar toooodos os dias essa semana, porque tao vindo as provas finais e eu preciso estudar muuuito porque se eu pegar recuperação final eu não vou poder postar mais p vcs, provavelmente minha mãe vai tirar meu computador hahah então pfvr aguentem essa semana, que eu vou tentar postar mais alguns, e depois eu posto o resto, ok?? beijo liamdass s2

9 comentários:

  1. - Caara primeira a comentar , mano ficou massa , se um menino falasse isso pra mim eeu ficaria vermelha tipo : Hmmm , brasileira . KKKKKKKKKKKKKKKK', zaaayn seu safadxeeendo , eheheheh(: . To Amando viiu continuee !
    Malikisses
    By : Isis Magnos

    ResponderExcluir
  2. MUUUITO BOM... eu era MUITO fã da outra fanfic.... a more then this, mas eu realmente acho q essa tb tá ÓTIMAAAA.... eu sei q é só o primeiro chap... mas ta bem legal

    ResponderExcluir
  3. Ai Por Favor Continua Logo To Anciosa Vai

    ResponderExcluir
  4. vaiii continuaaaa logooo eu to loka pra leeeeeeeerrrrrr

    ResponderExcluir
  5. qual seu nome? (autora da fic)
    ameii a fic

    ResponderExcluir
  6. Leiam minha fic por favor??????? Não custa nada não é? Não vão se arrepender http://www.facebook.com/media/set/?set=a.396371433803785.1073741828.341706665936929&type=3

    ResponderExcluir